.br: NIC.br alcança a marca de dois milhões de domínios ".br"

 Publicado desde 1989, o código brasileiro está entre os 10 com maior número de registros

 

O Registro.br, um dos serviços do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), comemora a marca de dois milhões de domínios na Internet com assinatura brasileira, alcançada em 11 de março de 2010. O Registro.br é responsável pela coordenação do registro de nomes de domínio no país.

 

 

De acordo com Demi Getschko, diretor-presidente do NIC.br, braço executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), a evolução dos números é o retrato da Internet nacional. “Para chegar ao primeiro milhão, levamos 17 anos. Para alcançar o segundo, foram necessários pouco mais de três anos. Mesmo durante a crise financeira mundial entre os anos de 2007 e 2009, a taxa de crescimento de registros de domínios se manteve estável, em torno de 20% anuais”, completa o executivo.

Mais opções de domínios de primeiro nível foram disponibilizadas desde o primeiro milhão, mantendo a semântica dentro de cada DPN (Domínio de Primeiro Nível), como “taxi.br”, para empresas de táxi; “teo.br”, para teólogos; e “radio.br”, para entidades que enviam áudio pela rede. Entre outras ações do período, estão a redução da anuidade dos domínios “nom.br” para R$ 10,00 e a abertura do “com.br” e “net.br” para pessoas físicas. “Neste período, também criamos o “b.br”, com um ambiente mais seguro para bancos, e o “jus.br”, para entidades do poder judiciário”, afirma Getschko.

O valor cobrado pelo NIC.br é de R$ 30,00 por ano e o montante arrecadado, além de garantir uma excelente qualidade do serviço de registro, é revertido em diversos serviços, como:

  • Segurança na publicação DNS, incluindo a instalação de servidores-raiz em território nacional;
  • Operação de pontos de troca de tráfego neutros para a melhoria da conectividade da Internet no Brasil — www.ptt.br;
  • Medições da qualidade do acesso Internet no país — www.ceptro.br;
  • Disponibilização e treinamento em novas tecnologias como IPv6 e DNSSEC;
  • Distribuição da hora legal brasileira — www.ntp.br;
  • Produção de pesquisas anuais sobre o uso da Internet no Brasil pelo CETIC.br (Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação);
  • Disponibilização de cursos subsidiados com reconhecimento internacional na área de segurança — CERT.br (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança);

“A maioria desses serviços foi disponibilizada após o primeiro milhão, o que nos dá uma idéia do quanto o registro brasileiro colabora para o crescimento da rede no próprio país”, comenta o executivo.

Sobre o Registro.br
Desde 1995, o Registro.br é o executor de algumas das atribuições do Comitê Gestor da Internet no Brasil, entre as quais as atividades de registro de nomes de domínio, a administração e a publicação do DNS para o domínio <.br>. Realiza ainda os serviços de distribuição e manutenção de endereços internet. Em 2010, há 2 milhões de domínios registrados no país. Para o LACNIC - Registro de Endereços Internet para a América Latina e Caribe, o Registro.br oferece os serviços de engenharia e hospedagem. Mais informações em http://www.registro.br/.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br 
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR -- NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil. São atividades permanentes do NIC.br coordenar o registro de nomes de domínio -- Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil - CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações -- CEPTRO.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação -- CETIC.br (http://www.cetic.br/) e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/). 

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br 
O Comitê Gestor da Internet no Brasil coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no país, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Mais informações em http://www.cgi.br/

Para mais informações, acesse: http://www.cgi.br/
www.s2.com.br e http://twitter.com/S2comunicacao

Contatos para imprensa: S2 Comunicação Integrada 
Raquel Herrera – raquel@s2.com.br 
Veronica Cassavia – veronicac@s2.com.br 
Ricardo Franzin – rfranzin@s2.com.br

Assessoria de Comunicação - NIC.br
Caroline D’Avo – Assessora de Comunicação – caroline@nic.br

Fuente:  http://www.nic.br/imprensa/releases/2010/rl-2010-05.htm